FGJ saúda indicação do sensei Kiko para a Secretaria de Esportes de Porto Alegre

Kiko assume como novo técnico da Seleção Brasileira

O técnico Antônio Carlos Pereira, o Kiko, é o novo comandante da Seleção Brasileira masculina de judô. A confirmação ocorreu no início da noite dessa segunda-feira, por meio de uma nota divulgada pela Confederação Brasileira de Judô. A principal tarefa de Kiko, que também seguirá como técnico da Sogipa, será preparar e comandar os judocas brasileiros que disputarão os Jogos Olímpicos de Paris, em 2024.

À beira do dojô, Kiko substitui a japonesa Yuko Fujii, que entrou para história como a primeira mulher treinadora de uma seleção masculina de judô do Brasil. Ela assumirá o posto de coordenadora técnica da equipe masculina para Paris-2024.  Sarah Menezes e Andrea Berti assumirão a equipe feminina do Brasil. Os técnicos Luiz Shinohara, Rosicleia Campos e Mario Tsutsui, despedem-se da seleção após conquistarem 14 medalhas olímpicas e 48 medalhas em Mundiais no período mais vitorioso da história do judô brasileiro.

Kiko, que trabalha na Sogipa desde 1987, é considerado o mais vitorioso dos treinadores do Brasil. Em seu currículo, ele tem cinco campeões mundiais (João Derly em 2005 e 2007, Mayra Aguiar em 2014 e 2017, e Tiago Camilo, em 2007) e seis medalhas olímpicas (Tiago Camilo em 2008, Mayra Aguiar em 2012, 2016 e 2020, Felipe Kitadai em 2012 e Daniel Cargnin em 2020). Além disso, participou da formação de dezenas de atletas que representaram ou ainda representam o Brasil em competições internacionais.

“Assumir a Seleção Brasileira no começo de um novo ciclo olímpico, que será mais curto que os outros, é uma honra e uma responsabilidade muito grande. Não faltarão empenho e dedicação, como são minhas características de trabalho na Sogipa há mais de três décadas”, enfatizou Kiko, que, para assumir o novo cargo, precisou pedir exoneração do cargo de secretário municipal de esportes de Porto Alegre, posição em que atuava desde janeiro deste ano.

Presidente da Federação Gaúcha de Judô, Luiz Bayard felicitou Kiko: “Ser treinador da Seleção Brasileira, uma das equipes mais tradicionais do mundo, é o auge na carreira de um técnico. O Kiko é um dos senseis mais vitoriosos do mundo, fruto de uma dedicação e uma entrega enorme ao judô. Desejamos sorte nesta caminhada”.

Posted in Notícias and tagged , .

Deixe uma resposta