Em busca do sonho olímpico, GN União celebra resultado na seletiva sub-21

Em busca do sonho olímpico, GN União celebra resultado na seletiva sub-21

A primeira disputa presencial realizada pela Federação Gaúcha de Judô começou com resultado semelhante aos dos últimos que ocorreram, no início de 2020: com o GN União deixando o tatame como grande vencedor. Apesar do hiato de mais de um ano e meio, o clube de Porto Alegre conseguiu manter o embalo e classificou oito atletas para a Seleção Gaúcha sub-21.

O resultado, ainda que muito relevante, não chegou a pegar o sensei Rafael Garcia de surpresa. “A gente ficou muito feliz com o resultado, mas já esperávamos”, afirmou ele, que viu nas classificações o resultado de um trabalho intenso que se manteve apesar da Covid-19. “Desde o primeiro dia de pandemia, nós nos movimentamos para os atletas não ficarem parados. A comissão técnica já fez um vídeo e repassou para que eles reproduzissem e passassem para nós”, recordou o professor, exaltando o trabalho em conjunto com os outros senseis no clube, como Leandro Freire e Carla Oliveira.

Com a duração estendida, o trabalho foi ampliado: “Depois, junto com a equipe multidisciplinar, fazendo ações com o departamento de psicologia, nutrição”, acrescentou. Além disso, o clube convidou nomes como João Derly, Leandro Guilheiro e Edinanci Silva para darem palestras motivacionais aos unionistas. “Ter esse resultado expressivo foi a partir de um trabalho a longo prazo.”

Porém, mais que o resultado em uma seletiva específica, Rafael vê que o GN União começa a colher frutos de um trabalho de longo prazo. “Essa competição de sábado concretizou o bom trabalho que estamos fazendo nos últimos dez anos, desde que a comissão técnica que está no clube assumiu”, definiu. “Somos um clube que tem como característica a formação de atletas e acreditamos que estamos fazendo um trabalho expressivo”, pontuou.

“Sonho olímpico”

E não é só percepção, para Rafael, há resultados: “Encerramos o ano de 2019 vencendo todas as competições estaduais, com atleta número 1 no ranking nacional, indo viajar para a Europa, quatro medalhas no Brasileiro sênior. Isso é um fruto da nossa dedicação diária, principalmente na formação de atletas”, atribuiu ele, destacando que, ao longo da última década, o clube conquistou uma medalha nos Jogos Olímpicos da Juventude, teve campeões nacionais e continentais, além de ter uma judoca na seleção sênior.

E tudo isso, segundo ele, visa a um grande objetivo: “Temos um sonho olímpico, e vamos continuar trabalhando muito duro para que isso se concretize”, afirmou o sensei, sem esconder o otimismo: “Temos uma gurizada nova que já está conquistando resultados no sub-21 e isso vai fazer um grande diferencial”.

Posted in Notícias and tagged .

Deixe uma resposta