FGJ celebra dia de festa com retomada dos torneios presenciais

FGJ celebra “dia de festa” com retomada de torneios presenciais

Mais que uma simples disputa para formar uma equipe, a seletiva sub-21 realizada no último sábado no ginásio do Sesc, em Porto Alegre, foi avaliada como um “dia de festa” pela Federação Gaúcha de Judô. Foi o torneio que marcou o retorno presencial de atletas, após um ano e meio.

“Foi um dia de festa para o judô gaúcho, porque nós celebramos o retorno às competições presenciais da FGJ, com toda a responsabilidade necessária para podermos executar esse evento”, destacou o presidente Luiz Bayard, ressaltando a criação de uma bolha a partir de testes de antígeno.

“Foi uma competição que contou com diversos clubes e teve um bom nível técnico, apesar de os atletas estarem há um tempo sem competir”, avaliou o presidente. A FGJ chegou a realizar duas etapas do circuito estadual em 2020. No entanto, a partir de março, os torneios foram suspensos.

No sábado, a FGJ formou uma seleção com 14 atletas, garantindo um representante em cada categoria, a partir de 81 judocas inscritos. “Acredito que foi bastante positivo”, concluiu Bayard.

O diretor técnico da FGJ, Douglas Potrich, salientou o modelo de disputa da seletiva, com chaves na primeira se e repescagem. “Oportunizamos para a grande maioria realizar ao menos dois combates”, frisou.

Potrich ressaltou que este foi o passo inicial desta retomada: “Nosso objetivo é proporcionar a competitividade dos atletas, para estarem preparados para as competições futuras e níveis mais elevados”, afirmou ele.

Ele citou a importância de, desde já, se preparar para os próximos desafios: “A maioria dos atletas classificados esteve presente no treinamento de campo da FGJ em Santa Maria, no início deste mês, ou no treinamento de campo da CBJ, em Pindamonhangaba”, observou. “Acredito que a busca pelo intercâmbio foi fundamental para suas conquistas.”

Posted in Notícias and tagged .

Deixe uma resposta