Daniel Cargnin se despede do Masters após uma vitória

Daniel Cargnin vence uma luta no Masters de Doha

O primeiro ippon do judô brasileiro em 2021 foi do gaúcho Daniel Cargnin (66kg). E sobre o ex-número um do mundo e vice-campeão europeu, Tal Flicker, na estreia do World Masters da FIJ, em Doha, no Catar. O judoca da Sogipa avançou às oitavas de final, onde parou na competição.

O resultado de Daniel, ainda assim, acabou sendo o melhor da Seleção no primeiro dia de combates do torneio, nesta segunda-feira. Willian Lima (60kg), Eric Takabatabe (60kg) e Larissa Pimenta (52kg) não chegaram a passar de fase.

O World Masters continua nesta terça e quarta-feiras e o Brasil terá outras 12 chances de buscar sua primeira medalha no ano olímpico. Ketleyn Quadros (63kg), Aléxia Castilhos (63kg), Maria Portela (70kg), Eduardo Katsuhiro (73kg) e Eduardo Yudy (81kg) lutarão na manhã de terça, a partir das 5h da manhã (horário de Brasília), com finais às 11h (horário de Brasília).

Na quarta, último dia de evento, o Brasil será representado por Rafael Macedo (90kg), Leonardo Gonçalves (100kg), Rafael Buzacarini (100kg), Rafael Silva (+100kg), David Moura (+100kg), Maria Suelen Altheman (+78kg) e Beatriz Souza (+78kg). As preliminares começam às 4h da manhã (horário de Brasília) e as finais às 11h (horário de Brasília).

Posted in Notícias and tagged .

Deixe uma resposta