Imbé recebe Copa Abertura e Credenciamento Técnico neste fim de semana

Imbé prepara um fim de semana de muito judô

imbéFevereiro, uma semana antes do carnaval. E ainda assim vai ter muito judô na praia. Mas, pela primeira vez, em Imbé. O município do Litoral Norte receberá no próximo sábado a Copa Abertura, primeira etapa do circuito estadual 2020. No dia seguinte, os judocas gaúchos voltam ao tatame que será montado no Ginásio Municipal para o Credenciamento Técnico.

A Copa Abertura, no sábado, será o primeiro evento que contará pontos para o ranking estadual de 2020. “É um aquecimento de motores para a temporada que volta agora. Nossa última competição foi em dezembro. Já deu tempo para as férias e agora estamos retomando os treinamentos para o ano que começou”, destaca o presidente da Federação Gaúcha de Judô, César Cação.

Previstas para começar às 9h, com a categoria sub-15, as lutas se estenderão ao longo do dia com os combates na sequência de sub-18, mirim, sub-13, sub-21, infantil, sênior e veteranos. A programação completa está disponível no boletim oficial do torneio.

“Será a primeira vez que teremos um evento em Imbé e estamos muito animados, pois uma das metas da FGJ é levar a nossa modalidade ao maior número de locais possíveis”, afirma Cação.

Credenciamento Técnico

Nesse embalo, Imbé será sede do Credenciamento Técnico, que neste ano terá como palestrante o sensei Alexandre Katsuragi, da CBJ. O treinamento especial, que irá durar ao longo do dia, tem como público-alvo os responsáveis técnicos, auxiliares e árbidros, além da comissão técnica permanente da Seleção Gaúcha e treinadores interessados em treinar a equipe do Rio Grande do Sul.

Com participação opcional, os candidatos a promoção em 2020 ganham 20 pontos no currículo. Demais judocas dispostos a participar devem ter a faixa roxa como graduação mínima. As inscrições devem ser efetuadas até quarta-feira.

“O Credenciamento Técnico da FGJ sempre proporciona um treinamento de alto nível. Ao longo dos anos já recebemos alguns dos principais nomes da história do judô nacional, como Chiakii Ishi, Paulo Duarte, Geraldo Bernardes, entre outros. É sempre uma grande oportunidade de intercâmbio e aprendizado”, ressalta Cação.

Posted in Notícias and tagged , .

Deixe uma resposta