Parisoto, Kiko, Rogério Mendes, Derly

Secretaria apresenta mudanças no Pró-Esporte

O secretário de Esporte do Rio Grande do Sul, João Derly, comandou um debate no auditório do Centro Administrativo Fernando Ferrari para explicar as alterações no programa Pró-Esporte, aprovadas recentemente pela Assembleia Legislativa.

O texto reduz a contrapartida das empresas que financiam projetos do Pró-Esporte. Dos atuais 25%, que são destinados ao Fundo Estadual de Incentivo ao Esporte (Feie), reduz para 10% e 5%. Ainda vai possibilitar o pagamento do Programa Bolsa-Atleta por meio do Pró-Esporte.

“Esse projeto é uma grande oportunidade de fomento para o judô gaúcho”, destacou o coordenador técnico da Sogipa, Antônio Carlos Pereira, o Kiko. Ele destacou que o clube capta recursos de programas como o Pró-Esporte que são aplicados na equipe, que chega a 2020 com objetivo de ter ao menos cinco atletas nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Para Kiko, que recepcionou no evento os senseis Felipe Parisoto (IFRS) e Rogério Mendes (GN Gaúcho), os gestores “não podem esperar que o dinheiro caia do céu”. “É preciso aproveitar as oportunidades para, a partir de então, montar estrutura. São processos, um caminho para se chegar a conquistas cada vez mais relevantes, seja no alto rendimento, seja na difusão do nosso esporte.

Posted in Notícias.

Deixe uma resposta