Medalhas aproximam Leonardo Gonçalves e Rafael Macedo da vaga olímpica

Medalhas aproximam Leo Gonçalves e Rafael Macedo da vaga olímpica

No primeiro torneio do ano, os judocas sogipanos foram importantes para o Brasil no quadro de medalhas. Das cinco medalhas conquistadas pela Seleção no Grand Prix de Tel Aviv, três foram alcançadas por atletas do clube gaúcho. Depois de Daniel Cargnin no primeiro dia, Leonardo Gonçalves (100kg) e Rafael Macedo (90kg) levaram prata e bronze, respectivamente.

Além deles, o Brasil foi ao pódio com Eduardo Yudy Santos (81kg) e Rafael Buzacarini (100kg), ambos com bronzes. Os próximos desafios da seleção brasileira de judô serão o Aberto de Odivelas, em Portugal, e o Grand Slam de Paris, na França, no início de fevereiro, onde o Brasil terá força máxima.

Em Israel, a competição ocorre de quinta-feira a sábado. No último dia, Leonardo Gonçalves teve o melhor resultado da equipe. Ele enfileirou quatro adversários nas preliminares até chegar à decisão pelo ouro, onde encarou o israelense Peter Paltchik e a torcida local. Leo não abriu mão de seu estilo agressivo, buscou os ataques e acabou surpreendido num contra-golpe de Paltchik, que marcou o waza-ari e administrou a vantagem até o fim para ficar com o ouro em casa.

No mesmo dia, Rafael Macedo foi até a semifinal, sendo superado apenas pelo campeão mundial Donghan Gwak, da Coreia do Sul. A derrota não abateu Macedo, que entrou para o bronze determinado a vencer Marcus Nyman, da Suécia, e protagonizou um dos golpes mais bonitos da competição para vencer o sueco por ippon e ficar com o bronze. Na véspera, o melhor resultado dos sogipanos foi de Aléxia Castilhos (63kg), que ficou em quinto lugar.

De Israel, Leonardo volta com 490 pontos, enquanto Rafael soma 350. “São pontos importantes para a busca da vaga olímpica. A equipe volta com mais motivos para comemorar do que lamentar de Israel. A trajetória é longa, mas se fosse hoje que começasse os Jogos Olímpicos, teríamos cinco vagas garantidas e temos outros dois dois atletas na disputa”, afirma o técnico Antônio Carlos Pereira, o Kiko.

Posted in Notícias and tagged , .

Deixe uma resposta