Portela e Macedo param antes da disputa por medalhas em Tóquio

Portela e Macedo param na segunda rodada do Mundial

Também não deu para Maria Portela (70kg) e Rafael Macedo (90kg) no Mundial de Tóquio. Os judocas da Sogipa lutaram nesta quinta-feira na capital japonesa e avançaram apenas até a segunda luta da competição, ficando de fora do bloco final e da disputa por medalhas.

Portela, que é a atual número 6 do mundo, chegou ao Mundial como cabeça de chave e derrotou com autoridade a croata Barbara Matic. Projetou para pontuar um waza-ari e, na transição ao solo, imobilizou a adversária por mais 10 segundos para assegurar uma vaga nas oitavas.

Na luta seguinte, ela encarou a francesa Margaux Pinot, campeã europeia, buscou ataques, mas ficou pressionada por duas punições sofridas no tempo regulamentar. A gaúcha ainda conseguiu fazer Pinot sofrer uma punição, mas a francesa derrubou a brasileira, marcando o waza-ari vencendor na “morte súbita”.  Pinot acabou com a medalha de bronze em Tóquio.

“Acho que busquei muito mais a luta do que ela. Mas, é do esporte. Tem dias que as coisas não dão certo. Eu fiz o que poderia ter feito, mas não consegui andar na competição”, avaliou a sogipana.

Rafael Macedo - Roberto Castro (2)Macedo enfrentou um chinês na primeira rodada e por muito pouco não liquidou o combate com um ippon. O golpe entrou potente, mas Hebilige Bu conseguiu girar o corpo o suficiente para pontuar um waza-ari para o brasileiro. Macedo manteve a postura e segurou a vantagem para avançar na chave.

Em seu segundo combate, o brasileiro mediu forças com o britânico Max Stewart e foi surpreendido por um waza-ari a menos de 30 segundos do fim da luta. Ele ainda tentou uma reversão do golpe, mas a arbitragem de vídeo validou o ponto para o britânico.

“A competição está em altíssimo nível, não tem luta fácil e está todo mundo muito bem preparado. Acredito que essa luta com o britânico estava muito travada, dfícil acertar o jogo. Na hora que ele entrou eu fiz um movimento para tentar um contra golpe, mas a arbitragem interpretou que foi iniciativa dele”, explicou Macedo. “Agora é seguir em frente para tentar voltar aqui ano que vem e buscar uma medalha.”

Posted in Notícias and tagged , .

Deixe uma resposta