Mayra Aguiar fatura o ouro em Lima-2019 no dia dos pais

Mayra Aguiar conquista o ouro nos Jogos Pan-Americanos

O domingo de dia dos pais por certo foi especial para milhões ao longo do Brasil. Mas teve um quê de ainda mais felicidade para o Seu Júlio Dorneles, que enfim viu sua filha, Mayra Aguiar, sagrar-se campeã dos Jogos Pan-Americanos. A gaúcha comprovou a grande fase e conquistou o título pela primeira vez na carreira, após três tentativas.

Se em 2007, no Rio, veio a prata e, em Guadalajara e Toronto, o bronze, em Lima não teve para ninguém. Curiosamente, a pedra no sapato de Mayra nas edições passadas sempre foi uma americana, Ronda Rousey e, depois, Kayla Harrison. Pois no Peru, a primeira a ser batida por Mayra era dos Estados Unidos, Nefeli Papadakis. Ippon para a sogipana.

Em seguida, na semifinal, Mayra não deu chances à Karen Leon, da Venezuela, e só precisou de 28 segundos para finalizar a luta por ippon. A luta da final, contra a cubana Kaliema Antomarchi, foi acirrada do início ao fim. Logo no começo, as duas judocas receberam punições por falta de combatividade. A cautela se tornou volume de luta, sendo necessário mais de dois minutos de golden score para Mayra conseguir aplicar ippon sobre Kaliema e sagrar-se finalmente campeã.

“A caminhada foi muito dura. A medalha se constrói no caminho, só eu sei como esse caminho foi longo e duro. Então estou muito feliz com essa medalha de ouro. Não posso menosprezar minhas outras medalhas. Me falaram que faltava esse ouro. Tenho muito carinho por todas as minhas conquistas. Claro que tem um gosto especial. Era um objetivo que eu tinha traçado”, comemorou Mayra em entrevista ao fim da luta.

Além de Mayra, o Brasil também foi ao pódio com os pesados Beatriz Souza e David Moura. No cômputo geral da modalidade, a Seleção Brasileira conquistou dez medalhas – cinco ouros, uma prata e quatro bronzes. Cuba ficou em primeiro, com vantagem no número de pratas.

Para o judô gaúcho, foi a 12ª medalha nos Jogos Pan-Americanos – são três medalhas por edição desde o Rio-2007. Mayra é a única que esteve em todas. Em Lima, além de Mayra, Daniel Cargnin levou a prata e Aléxia Castilhos, o bronze. Após o Pan, o desafio agora será o Mundial, em Tóquio.

Posted in Notícias and tagged , .

Deixe uma resposta