Copas Interestaduais e etapas do circuito da FIJ valerão pontos no Ranking Nacional

Copas Interestaduais e etapas do circuito da FIJ valerão pontos no Ranking Nacional sênior

O Ranking Nacional sênior da CBJ chega ao seu terceiro ano com novidades que buscam fortalecer eventos nacionais e estaduais, além de aumentar a competitividade interna e preparar os atletas brasileiros para o circuito mundial. Dessa forma, em 2019, a lista de eventos que darão pontos no Ranking ganhou mais duas etapas: Copa Nacional/Internacional e Evento IJF (Grand Prix, Grand Slam, Pan-Americano e Mundial).

A partir deste ano, as Copas Nacionais e Internacionais promovidas pelas Federações Estaduais de Judô valerão até 65 pontos na corrida pela liderança do ranking brasileiro. Essas competições são eventos organizados por cada Federação Estadual e deverão ser geridos pelo sistema Zempo para captação dos pontos no ranking nacional sênior.

Portanto, disputas como Copa Rio Internacional, Copa São Paulo, Copa Minas, Copa Fortaleza Internacional, entre outras, poderão ser incluídas no Ranking desde que seja indicada pela Federação e homologada pela CBJ.

CLIQUE AQUI e saiba como validar sua Copa para o Ranking.

De acordo com o regulamento da Confederação, não há limite de participações nas Copas Nacionais e Internacionais. No  entanto, somente será computado o melhor resultado obtido no ano. O ponto atribuído à Copa Nacional ou Internacional será somado ao ranking nacional na classe sênior que,  posteriormente, será a base classificatória para o Campeonato Brasileiro.

Eventos Internacionais valerão até 220 pontos no Ranking brasileiro sênior

Os eventos internacionais entraram no Ranking em 2019 com grande peso, distribuindo até 220 pontos (campeão), a maior pontuação entre todas as etapas. Serão considerados apenas os eventos de nível Grand Slam, Grand Prix, Campeonato Pan-Americano e o Mundial sênior disputados até o dia 18 de novembro de 2019. Somente o melhor resultado obtido no ano será computado na lista nacional. Resultados de Abertos Continentais (Pan-American e European Open) não valerão pontos no ranking CBJ.

No total, o Ranking Nacional Sênior da CBJ será composto por sete etapas: Campeonato Estadual, Copa Nacional/Internacional, Campeonato Brasieiro Regional, CBI Taça Brasil Sub-21, Troféu Brasil Interclubes, Campeonato Brasileiro Sênior e Competição IJF.

Líder do Ranking Nacional será convocado para evento da FIJ

Os campeões do Ranking Nacional, ou seja, aqueles que terminarem a temporada liderando suas categorias em 2019, serão convocados pela CBJ para representar o Brasil em um evento da Federação Internacional em 2020.

E, por fim, os atletas classificados da 2ª a 9ª colocação terão direito de participar do processo de adesão para os eventos internacionais IJF.

O regulamento completo do Ranking Nacional Sênior CBJ está disponível para leitura.

Posted in Notícias and tagged .

Deixe uma resposta