Duda Vaz - Buenos Aires Pedro Ramos Rede do Esporte (2)

Eduarda Vaz Rosa conquista o bronze nos Jogos Olímpicos da Juventude

A gaúcha Eduarda Vaz Rosa entrou para o panteão olímpico nesta terça-feira. A judoca do GN União faturou a medalha de bronze na terceira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude, que acontece em Buenos Aires, na Argentina. Ela volta ao tatame nesta quarta-feira na disputa por equipes.

Em tatames portenhos, a gaúcha competiu em uma categoria acima do seu peso – a 78kg. Na estreia, ela bateu por waza-ari a dominicana Omaria Ramirez. Na semi, o duelo foi contra a alemã Rafaella IGL – que em seguida foi campeã. Num confronto equilibrado, a gaúcha foi superada após mais de oito minutos de luta, no total. Veio então a luta valendo o pódio. E com um ippon nos segundos finais, Eduarda venceu Edith Ortiz, do Equador, para assegurar seu lugar no pódio olímpico.

“Estamos muito felizes. Esse grupo que a gente tem só nos dá felicidade. A Eduarda vem numa crescente muito boa. Ela fez uma luta muito dura na semifinal. Perdeu, mas lutou muito bem”, comentou o sensei Leandro Freire, que acompanhou ao vivo os desafios da pupila. “A Eduarda vem pegando cancha, melhorando e adquirindo maturidade”, avaliou. Com 17 anos, a judoca contou que tem o sonho de disputar os Jogos Olímpicos de Paris, em 2024.

Nesta edição dos Jogos Olímpicos da Juventude, o Brasil foi representado também por João Santos (66kg), que ficou na sétima colocação. A dupla foi treinada pelo sensei Douglas Pötrich.

A medalha de Eduarda foi a primeira do judô gaúcho em edições dos Jogos Olímpicos da Juventude. Nos Jogos Olímpicos foram outras quatro, todas de bronze, com Tiago Camilo (Pequim-2008), Felipe Kitadai (Londres-2012), Mayra Aguiar (Londres-2012 e Rio-2016).

Posted in Notícias and tagged .

Deixe uma resposta