Airton Alexandre GNU

Após vídeo “bombar”, judoca destaca importância de descontração fora dos treino

“Quando chegou a 100 RTs no Twitter, eu achei que o vídeo estava famoso. Mas nunca imaginei que chegaria a 14 mil”, ainda espanta-se o judoca do GN União, Airton Antunes, pouco mais de 45 dias depois de bombar na internet. E não é exagero falar isso, sobre o vídeo que ele postou no fim da tarde de 21 de junho e que, nos dias seguintes, foi repercutido por entidades como Federação Internacional de Judô, Confederação Brasileira de Judô e até a atriz global Paolla Oliveira, que vive uma lutadora de MMA na atual novela das 21h.

No vídeo (abaixo), publicado em sua conta no Twitter, Airton aplica um ippon no seu colega Alexandre Couto e, para comemorar, faz espacates ao som de “Sweet Dreams” – famosa em diversos memes internet afora. A ideia de gravá-lo veio justamente da internet. “Estava repercutindo muitos vídeos de quedas engraçadas das pessoas, com aquela música e cortando pra um ‘meme’. Assistindo, a gente resolveu fazer algo parecido”.

Era brincadeira, é claro. Mesmo feito no tatame, o vídeo foi gravado depois que o treino do dia no GN União já tinha acabado: “Durante os treinos, o celular é dentro da mochila e o foco é só para o treino”, assegurou Airton, campeão brasileiro sub-18 em 2015 e um dos integrantes da Seleção Brasileira que venceu uma das edições do Super Desafio BRA deste ano.

Para o atleta, momentos de bom humor e de descontração são fundamentais para o ambiente do grupo. “É possível e muito saudável ter momentos de descontração durante o treino, mas nada que tire o foco. Agora, fora do período de treinamento, é importantíssimo ter momentos de descontração, para renovar as energias para o próximo treino”, afirmou ele.

Professor destaca o “ambiente saudável”

Fora do treino, as brincadeiras são bem-vindas, explicou o professor do GN União Rafael Garcia. “Eles têm sempre duas cargas de treino por dia. São duas horas e meia de tarde e mais duas à noite. No momento em que o vídeo foi gravado, eles já tinham cumprido – e muito bem – a carga da primeira atividade”, recordou o sensei.

“Eu prefiro que meus alunos fiquem dentro de um ambiente saudável, convivendo entre eles e sob meus olhadores do que em outro lugar, sob risco de fazer coisas erradas”, explicou. “Eles só fizeram o vídeo, porque cumpriram um papel deles como atletas no treino. No pós-treinamento, eles têm o seu momento de descontração, que faz parte, neste convívio entre colegas.”

Posted in Notícias and tagged , .

Deixe uma resposta