Arbitragem dá palestra para atletas da Seleção antes do Grand Slam

Os atletas da Seleção Brasileira tiveram a oportunidade de tirar dúvidas sobre arbitragem com o árbitro internacional FIJ A Chuno Mesquita. Chuno será um dos sete árbitros FIJ A brasileiros que irão atuar no Grand Slam do Rio de Janeiro. Durante cerca ce 30 minutos, ele mostrou posições proibidas e relatou as principais tendências da arbitragem internacional.

Clique aqui para saber mais sobre os judocas do RS no Grand Slam

“Eles ouvirem estas informações de um árbitro que eles tenham confiança é muito legal. Estas palestras são importantes, pois, cada vez mais, os árbitros brasileiros estão representando o país nos eventos ao redor do mundo. Foi uma ótima ação da comissão técnica esta solicitação e, quando fui solicitado, não pensei duas vezes”, diz Chuno.

O árbitro relatou que os atletas brasileiros possuem, em sua maioria, dúvidas sobre pegada cruzada e quando é permitido o ataque às pernas. “As maiores dúvidas são sobre posições proibidas e tentativas de subterfúgio para as novas regras. Isto acontece no mundo inteiro. O atleta está sempre querendo saber o que legal ou não.”

O Grand Slam do Rio ocorre neste fim de semana, no ginásio do Maracanãzinho. O Brasil terá 53 atletas – 13 deles do Rio Grande do Sul.

Fonte: CBJ

Posted in Notícias and tagged , , , , , , , , , , , , , , , .

Deixe uma resposta