Felipe Kitadai sobe cinco posições no ranking mundial

Felipe Kitadai sobe cinco posições no ranking mundial
Um dos principais reforços do judô gaúcho neste ano, manteve a sua escalada no ranking da Federação Internacional de Judô. A nova relação, divulgada nesta quinta-feira, mostrou que o ligeiro Felipe Kitadai subiu cinco posições, ocupando, agora, o 16º posto da categoria, com 508 pontos.
Kitadai chegou ao Rio Grande do Sul no início de março, para defender a Oi/Sogipa. Com menos de um mês de casa nova, alcançou a sua primeira conquista, no título do Campeonato Pan-Americano, no Equador, o que o fez subir no ranking da FIJ. Titular da Seleção Brasileira, ele já está garantido no Grand Slam do Rio de Janeiro e na Copa do Mundo de São Paulo, ambos em junho.
A posição, no entanto, ainda não garante a vaga olímpica para ele, que precisa ser o melhor brasileiro entre os 14 primeiros para se confirmar em Londres.
Quem também está próximo à faixa olímpica é Maria Portela, que na próxima semana disputa o Grand Prix de Baku, no Azerbaijão. Ela subiu duas colocações e ocupa, atualmente, o 24º lugar na categoria médio, com 278 pontos – a 184 da 14ª colocada.
Na sexta posição da categoria meio pesado com 916 pontos, Mayra Aguiar segue como a melhor gaúcha no ranking da FIJ. A ligeiro Taciana Lima, na 23ª posição (362 pontos); o pesado Walter Santos, na 33ª colocação (276); e a também pesado Rochele Nunes, em 35º lugar (178 pontos) são destaques do judô do Rio Grande do Sul no ranking.

Felipe Kitadai é o 16º melhor do mundo na categoria ligeiro | Foto: Rafael Burza/CBJUm dos principais reforços do judô gaúcho neste ano, manteve a sua escalada no ranking da Federação Internacional de Judô. A nova relação, divulgada nesta quinta-feira, mostrou que o ligeiro Felipe Kitadai subiu cinco posições, ocupando, agora, o 16º posto da categoria, com 508 pontos.

Kitadai chegou ao Rio Grande do Sul no início de março, para defender a Oi/Sogipa. Com menos de um mês de casa nova, alcançou a sua primeira conquista, no título do Campeonato Pan-Americano, no México, o que o fez subir no ranking da FIJ. Titular da Seleção Brasileira, ele já está garantido no Grand Slam do Rio de Janeiro e na Copa do Mundo de São Paulo, ambos em junho.

Quem também está próximo à faixa olímpica é Maria Portela, que na próxima semana disputa o Grand Prix de Baku, no Azerbaijão. Ela subiu duas colocações e ocupa, atualmente, o 24º lugar na categoria médio, com 278 pontos – a 184 da 14ª colocada.

“É importante que eles cresceram, mas tem que melhorar mais. A batalha é dura e difícil”, analisou o diretor técnico da Federação Gaúcha de Judô, e treinador da Sogipa, Antônio Carlos Pereira, o Kiko.

Na sexta posição da categoria meio pesado com 916 pontos, Mayra Aguiar segue como a melhor gaúcha no ranking da FIJ. A ligeiro Taciana Lima, na 23ª posição (362 pontos); o pesado Walter Santos, na 33ª colocação (276); e a também pesado Rochele Nunes, em 35º lugar (178 pontos) são destaques do judô do Rio Grande do Sul no ranking.

Confira o ranking completo

Posted in Notícias and tagged , , , , , , .

One Comment

  1. Que cada vez mais hajam judocas no RS que possam chegar a tal patamar elevando ainda mais o já qualificado nível do nosso judô , SSSSHHHHOOOSSSAAAA…..,boa sorte a todos .

Deixe uma resposta