Porto Alegre é a capital do judô neste fim de semana

Porto Alegre vira capital do judô brasileiro no fim de semana | Foto: SogipaNeste final de semana, Porto Alegre será a capital do judô brasileiro. As emoções começam já nesta sexta-feira à noite, com a realização do Qualifying para o Grand Prix Nacional de outubro. Sábado e domingo, cerca de 450 atletas de 80 clubes se enfrentam pelo título do Troféu Brasil. Os eventos serão realizados no ginásio da Sogipa, em Porto Alegre, e a entrada é franca.

No Qualyfing, o GN União irá tentar uma vaga na competição – a principal entre clubes do País. Caso consiga, será a primeira vez que o Rio Grande do Sul terá dois representantes no torneio, pois a Sogipa – atual campeã no feminino – já está assegurada.

A partir da manhã de sábado, mais de quatro centenas de judocas se encaram na nona edição do Troféu Brasil, que acontece pelo terceiro ano consecutivo em Porto Alegre. Entre os competidores, o campeão mundial Luciano Corrêa, a medalhista olímpica Ketlyn Quadros, além de Edinanci Silva, Erika Miranda, Nacif Elias, Rafaela Silva, entre outros.

Para a torcida gaúcha, a maior estrela será Mayra Aguiar, que voltará aos tatames pela primeira vez, justamente em casa, depois da inédita prata no Mundial sênior, no início do mês, em Tóquio, no Japão. Mayra tentará o tricampeonato do Troféu Brasil, na categoria meio pesado.

“Não tenho a menor dúvida que o ginásio estará lotado, mais uma vez, neste final de semana”, confia o presidente da Federação Gaúcha de Judô, Carlos Eurico da Luz Pereira. “Motivos não faltam”, continua: “Todos vamos aplaudir a Mayra pela conquista no Japão e depois torcer por nossos atletas”.

As lutas estão previstas para começar às 9h30min, das categorias pesado, meio pesado e médio. À tarde, ocorrem as disputas do meio médio e leve. No domingo, o Troféu Brasil encerra com os confrontos dos atletas do meio leve, ligeiro e super ligeiro.

Posted in Notícias.

One Comment

  1. Por mais divergências que possamos ter em relação a nossa FGJ, temos que admitir que: eu, particularmente a 30 anos federado nunca vi nosso Estado RS com eventos de tão alto nível; acho que temos que ter criticas construtivas mas também elogiar e respeitar o alto padrão que nosso Judô gaúcho está em todos os sentidos. Parabéns ha todos os Judocas Pais e Dirigentes de Clubes e da Federaçaõ.

Deixe uma resposta