Mundial começa com atletas do RS no tatame

Mundial começa com atletas do RS no tatame
É no país berço do judô que quase 800 atletas de 101 países se enfrentam a partir das 22h (quarta-feira no Brasil, 10h de quinta no Japão) na competição mais importante deste ano: o Campeonato Mundial sênior. E já no primeiro dia de lutas, a meio pesado Mayra Aguiar e o pesado Walter Santos – os dois representantes do judô gaúcho em Tóquio – sobem no tatame.
As chaves do Mundial foram definidas nesta quarta-feira. Mayra enfrentará a sul-coreana Gyeong-Mi Jeong na estreia. Já Walter, terá pela frente Stanislav Bondarenko, da Ucrânia, no primeiro combate.
Já ansioso para mais um Mundial, o diretor técnico da Federação Gaúcha – e treinador da Sogipa -, Antônio Carlos Pereira, o Kiko, analisou de forma positiva o sorteio. “O Walter não pegou a chave do melhor do mundo em sua categoria, o Teddy Rinner, tricampeão mundial e medalhista olímpico. Isso é bom”, avaliou.
“Por sua vez, a Mayra terá de passar por uma atleta de uma das mais tradicionais escolas do judô mundial, a Coreia do Sul. Mas, sem dúvida, a Mayra está mais experiente e mais forte, certamente. Tem tudo para fazer uma boa participação”, continuou Kiko. Mayra e Walter vão disputar o segundo Campeonato Mundial da carreira.
Único brasileiro bicampeão do mundo, João Derly – que é colega de Sogipa dos dois atletas do Rio Grande do Sul no Japão – revela que passou a receita para os companheiros de clube. “Calma, paciência e estratégia para cada luta”, ensina o campeão dos meio leves em 2005 e 2007. “No Mundial, tem que entar na competição e se entregar.”

Mayra Aguiar é uma das integrantes da Seleção Brasileira no Mundial 2010 | Foto: CBJÉ no país berço do judô que quase 800 atletas de 101 países se enfrentam a partir das 22h (quarta-feira no Brasil, 10h de quinta no Japão) na competição mais importante deste ano: o Campeonato Mundial sênior. E já no primeiro dia de lutas, a meio pesado Mayra Aguiar e o pesado Walter Santos – os dois representantes do judô gaúcho em Tóquio – sobem no tatame.

As chaves do Mundial foram definidas nesta quarta-feira. Mayra enfrentará a sul-coreana Gyeong-Mi Jeong na estreia. Já Walter, terá pela frente Stanislav Bondarenko, da Ucrânia, no primeiro combate.

Já ansioso para mais um Mundial, o diretor técnico da Federação Gaúcha – e treinador da Sogipa -, Antônio Carlos Pereira, o Kiko, analisou de forma positiva o sorteio. “O Walter não pegou a chave do melhor do mundo em sua categoria, o Teddy Rinner, tricampeão mundial e medalhista olímpico. Isso é bom”, avaliou.

“Por sua vez, a Mayra terá de passar por uma atleta de uma das mais tradicionais escolas do judô mundial, a Coreia do Sul. Mas, sem dúvida, a Mayra está mais experiente e mais forte, certamente. Tem tudo para fazer uma boa participação”, continuou Kiko. Mayra e Walter vão disputar o segundo Campeonato Mundial da carreira.

Único brasileiro bicampeão do mundo, João Derly – que é colega de Sogipa dos dois atletas do Rio Grande do Sul no Japão – revela que passou a receita para os companheiros de clube. “Calma, paciência e estratégia para cada luta”, ensina o campeão dos meio leves em 2005 e 2007. “No Mundial, tem que entar na competição e se entregar.”

Acompanhe as lutas em tempo real no site www.ippon.org

Posted in Notícias.

Deixe uma resposta